T4 Administrações em conjunto com Industria de Urnas Bignotto.

Criado orgulhosamente com Wix.com

  • Thomaz Bignotto

Desenterrando o Marketing

De uma forma bem direta, podemos definir Marketing como uma estratégia geral para conquistar mais clientes e que desenvolve ações a fim de expandir determinada marca ainda mais no mercado. Aqui o marketing está para chegar até os clientes em potencial e satisfazer suas necessidades. É basicamente o “como se faz”. Compreendemos Funerário, como algo fúnebre, relativo ao funeral. Quando juntamos as duas palavras temos o Marketing Funerário, que nada mais é que um campo de atuação. E a grande pergunta que jaz é: como vender um serviço que ninguém gostaria de usar?


Morrer é natural, mas como encarar a morte é cultural. Ela é tratada de formas distintas em diferentes sociedades, variando sempre por sua herança cultural e religião determinante. Podemos usar o México como o exemplo mais comum de uma civilização que lida com a morte com muita serenidade, alegria e festa. Para os Mexicanos, o falecimento nada mais é que o fim de um ciclo infinito, natural e que deve ser celebrado para que os entes queridos sejam recebidos com felicidade. Os Mexicanos possuem a tradição de fazer uma grande festa, que acontece uma vez ao ano, chamada de Dia dos Mortos para celebrar a vida de quem já foi. Ela é tão popular, que a Unesco a considerou como patrimônio da Humanidade e também foi tema do filme Viva – a vida é uma festa, produzido pela Pixar Animation Studios e distribuído pela Walt Disney Studios Motion Pictures. No filme, o tema central é a festa mexicana, onde ela é explorada de forma muito lúdica.


No Brasil encarar a morte é um grande tabu. Os brasileiros não gostam de falar sobre ela, e geralmente quando acontece com alguém próximo nunca estão preparados para lidar. A morte vem carregada de sentimentos ruins, como saudade, dor e melancolia e isso só dificulta ainda mais na criação de estratégias assertivas para gerar resultados em vendas. Por isso, antes de começar a vender é preciso falar sobre e ir desvendando a morte, para que ela deixe de ser um tabu.


Segundo o IBGE a taxa de mortalidade no Brasil chega a ser em média 1 milhão por ano, ou seja nenhum mercado tem uma demanda tão certeira quanto o funerário. Pode parecer um pouco duro dizer isso, mas é a realidade. O importante é saber como se diferenciar de outras funerárias e além de crescer, não se estagnar. E tudo isso se resume a forma como se aborda o tema.


O primeiro passo, e talvez o principal, é saber muito bem com quem você está falando. Com essa infinidade de culturas e visões de mundo é necessário saber em que essa sociedade crê, o que ela consome, como ela se comunica e o mais importante, como ela enxerga a morte. Não é uma tarefa fácil, mas sem essas informações o caminho para fazer um marketing funerário assertivo se torna ainda mais complexo. Tem que se estar sempre andando ao lado dos consumidores, eles precisam se identificar com o seu conceito.


O Marketing aqui deve sair do óbvio, e a melhor opção é migrar para internet. Já que metade da população brasileira está lá, é indispensável que o seu serviço não esteja nesse mundo. Ter um blog de conteúdo é um grande diferencial, já que nele é possível criar posts informativos e interativos para se aproximar ainda mais do público, além de ajudar muito no fortalecimento da sua marca. No blog é possível criar posts com curiosidades, dicas e até orientações que auxiliam no processo de luto.


Ter um site da funerária informativo e de e-comerce é indispensável. Imagina que inovador seria ter uma loja online? Lá é possível vender, negociar e informar todos os seus serviços da forma mais clara possível. Tanto para o site, quanto para o blog é fundamental que a identidade visual seja limpa e bonita. Campos verdes, flores, céu azul e tudo o que remete a paz precisam estar em peso neles.


Instagram e Facebook são ferramentas indispensáveis, já que é por meio deles que sua funerária ficará mais tangível. Posts no Instagram devem ser mais descontraídos e leves, não tenha medo de arriscar no bom humor, desde que ele não desrespeite a dor de ninguém, ele vai se tornar uma boa sacada para falar com o público sem parecer algo sério e triste demais.


A comunicação, quase sempre, tem que ser discreta e muito cuidadosa. Nada de tons pretos ou cores mais pesadas. Visualmente as peças devem causar sensibilidade e transmitir paz. Ícones com tendências religiosas, caveiras e qualquer símbolo que remeta a morte devem estar fora de cogitação. É preciso ter respeito ao momento e causar sempre uma boa reflexão. É sempre bom lembrar que se está lidando com pessoas em momentos frágeis, onde as emoções falam muito mais alto. Elas não querem complicações, então simplifique a sua comunicação e o seu serviço o máximo que puder. Pense sempre no pós, uma vez que o cliente se sentiu confortável ali, a transparência sempre ficará em sua mente. O atendimento tem que ser diferenciado e precisa ser especial.


Outra estratégia é aumentar o seu leque de serviços, focar em trabalhos que não estejam tão ligados ao aspecto funerário, como planos de saúde, planos de vigilância, segurança patrimonial e outros serviços diversos. Não venda apenas serviços funerários, venda emoções, paz e estabilidade. É importante, também, focar em campanhas, promoções e sorteios que atraiam ainda mais o público. E encontre prêmios que não tenham tanta ligação com o seu mercado, como viagens, cruzeiros... O fundamental é agregar valor ao produto. Primeiro se foca na qualidade e depois no preço.


O fundamental no marketing funerário é tentar ser o mais criativo possível e ir aos poucos desmistificando a morte. Aproveite datas comemorativas como a Black Friday, Dia dos Namorados, Natal etc. Estar por dentro dos Memes e saber como usá-los a seu favor é um diferencial e vai contar muito no conteúdo do instagram. Faça trocadilhos, piadas respeitosas e esteja antenado com a cultura pop. Responda as dúvidas sempre rápido e de maneira leve.

Gostou do texto e quer aprender mais sobre o tema? Venha dar uma conferida no curso de Marketing Funerário, “Desenterrando o Marketing” disponível online e totalmente gratuito. Para se inscrever basta mandar um direct no instagram da @urnasbignotto que te responderemos na hora. O curso é bem completo e você com certeza vai terminar ele com um leque bem grande de ideias. Te esperamos lá!


E abaixo listamos blogs e instagram para se inspirar e que não tiveram medo de abusar do bom humor:


Redatora: Jaqueline Gouveia

54 visualizações